sábado, 11 de novembro de 2017

Ser Pai

“Não é o sangue que faz um Pai, mas sim sua capacidade de amar aquele que chama de filho.”

Mateus 5:4 (O sermão do Monte – As bem-aventuranças) - Momento Leitura

"Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.”

Mateus 5:4 (O sermão do Monte – As bem-aventuranças)

As Minhas Ações Determinam a Coletividade

Se eu Reciclo
Você Também Pode Reciclar...

Se eu Não Desperdiço Água
Você Também Não Pode.

Se eu Posso Reutilizar a Água da Máquina de Lavar
Você Também Pode Reutilizar...

Se eu Não Deixo Luzes Acesas Desnecessariamente
Você Também Não Pode Deixar.

Se eu só Compro o Necessário (não sou consumista)
Você Também Pode...

Se eu Não Jogo Lixo em Lugares Inapropriados
Você também não Pode.

Se eu Uso Sacolas de Nylon ao Ir ao Supermercado
Você também Pode...

E se eu Compartilho Todas as Minhas Atitudes em Prol da Sustentabilidade
Outras Pessoas Também Serão Motivadas a um Movimento
Coletivo e Sustentável!




Flávio B. S. dos Santos

Praia Grande-SP. – 09/09/2017

terça-feira, 7 de novembro de 2017

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Titanic (Momento Leitura)

Meu bisavô me contou que quando viu o Titanic, avisou todas as pessoas desde o início que o barco afundaria, mas o ignoraram.

E por ele ser uma boa pessoa, avisou novamente que afundaria e muitos morreriam... mas o mandaram ficar quieto.

Ele não desistiu e avisou novamente, e novamente e em diversas ocasiões... até que o expulsaram do cinema.

Mateus 4:17 (A tentação de JESUS) - Momento Leitura

“Daí por diante, passou JESUS a pregar e a dizer: Arrependei-vos, por que está próximo o reino de céus.

Mateus 4:17 (A tentação de JESUS)

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

II Crônicas 7:14 (Momento Leitura)

"E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra."

II Crônicas 7:14

sábado, 28 de outubro de 2017

Gênesis 1:14 (A criação dos céus e da terra e de tudo o que neles há) - Momento Leitura

“Disse também DEUS: Haja luzeiros no firmamento dos céus, para fazerem separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais, para estações, para dias e anos.”

Gênesis 1:14 (A criação dos céus e da terra e de tudo o que neles há)

terça-feira, 24 de outubro de 2017

sábado, 14 de outubro de 2017

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Poluição do solo (Momento Leitura)


Assim como existe a poluição do ar, pelos resíduos gasosos e partículas lançados pelas chaminés e escapamentos de veículos, e a poluição da água, pelo lançamento de resíduos líquidos das casas e das indústrias, também existe a poluição do solo. Ela é causada pelo lançamento de resíduos sólidos ao solo, mais uma vez vindos das casas e das fábricas. Resíduos sólidos são o que normalmente costumamos chamar de lixo das cidades.

Uma cidade de 1 milhão de habitantes necessita recolher e transportar cerca de cem caminhões de lixo diariamente! Isso, sem contar o lixo produzido pelas indústrias.

Mas esse ainda não é o maior problema. A grande dificuldade está em onde colocar todo esse lixo.

Em geral, o lixo de uma cidade é enterrado em aterros sanitários, ou é queimado em incineradores, ou transformado em adubo nas fábricas de composto. Só que em muitas cidades nada disso é feito. O lixo é simplesmente jogado em terrenos baldios nos arredores da cidade, onde servem de ambiente à proliferação de moscas, baratas, ratos e urubus! E, como se não bastasse, o lixo, ao decompor-se, produz um líquido chamado chorume, que se infiltra nos solos causando sua intoxicação, podendo torná-los estéreis, além de poluir as águas dos poços e lençóis subterrâneos.

Argel Branco. Ecologia da Cidade. São Paulo: Moderna, 1991.

Salmo 119:171 (Momento Leitura)

“Os meus lábios transbordarão de louvor, pois me ensinares os teus decretos.”

Salmo 119:171

terça-feira, 3 de outubro de 2017

A IMPORTÂNCIA DA RECICLAGEM DO LIXO (Momento Leitura)

Como e por que separar o lixo?

A reciclagem reduz, de forma importante, impacto sobre o meio ambiente: diminui as retiradas de matéria-prima da natureza, gera economia de água e energia e reduz a disposição inadequada do lixo. Além disso, é fonte de renda para os catadores.

A preservação do meio ambiente começa com pequenas atitudes diárias, que fazem toda a diferença. Uma das mais importantes é a reciclagem do lixo. As vantagens da separação do lixo doméstico ficam cada vez mais evidentes. Além de aliviar os lixões e aterros sanitários, chegando até eles apenas os rejeitos (restos de resíduos que não podem ser reaproveitáveis), grande parte dos resíduos sólidos gerados em casa pode ser reaproveitada. A reciclagem economiza recursos naturais e gera renda para os catadores de lixo, parte da população que depende dos resíduos sólidos descartados para sobreviver.

Segundo a última pesquisa Nacional de Saneamento Básico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são recolhidas no Brasil cerca de 180 mil toneladas diárias de resíduos sólidos. O rejeito é resultante de atividades de origem urbana, industrial, de serviços de saúde, rural, especial ou diferenciada. Esses materiais gerados nessas atividades são potencialmente matéria prima e/ou insumos para produção de novos produtos ou fonte de energia.

Mais da metade desses resíduos é jogado, sem qualquer tratamento, em lixões a céu aberto. Com isso, o prejuízo econômico passa dos R$ 8 bilhões anuais. No momento, apenas 18% das cidades brasileiras contam com o serviço de coleta seletiva. Ao separar os resíduos, estão sendo dados os primeiros passos para sua destinação adequada. Com a separação é possível: a reutilização; a reciclagem; o melhor valor agregado ao material a ser reciclado; as melhores condições de trabalho dos catadores ou classificadores dos materiais recicláveis; a compostagem; menor demanda da natureza; o aumento do tempo de vida dos aterros sanitários e menor impacto ambiental quando da disposição final dos rejeitos.

(Adaptado de http://www.mma.gov.br/informma/item/8521-como-e-porqu%C3%AA-separar-o-lixo)

Salmo 104:33 (Momento Leitura)

Cantarei ao Senhor toda minha vida; louvarei ao meu DEUS enquanto eu viver.”

Salmo 104:33

domingo, 1 de outubro de 2017

Isaías 40:31 (Momento Leitura)

            “Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças, subirão com asas como águia: correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fadigarão.”

Isaías 40:31

sábado, 30 de setembro de 2017

Escrever Bem - Por Antônio Carlos Viana

"Escrever bem é questão de vontade, dedicação e exercício."

Antônio Carlos Viana

A FELICIDADE NÃO SE COMPRA (Momento Leitura)

Os anúncios estão sempre nos dizendo que seremos mais felizes se escolhermos esse novo carro. Dizem até que ficaremos mais atraentes se usarmos este xampu ou aquele desodorante.

O consumismo e a pressão pelo sucesso estão criando uma epidemia de infelicidade para pessoas que não conseguem alcançar as metas colocadas à sua frente.

John Lane, escritor e educador britânico, para a revista Vida Simples (26.ed. Maio de 2005)

Salmo 69 (O lamento do Messias) - Momento Leitura

“Estou cansado de clamar; a minha garganta se secou; os meus olhos desfalecem esperando o meu DEUS.”

Salmo 69 (O lamento do Messias)

Subentendido


"Subentender é conhecer, prever, ou entender através do auxílio da inteligência aquilo que não está expresso ou esclarecido. É supor, admitir ou entender mentalmente através de uma interpretação. Uma coisa subentendida é implicitamente compreendida."

Fonte:
https://www.significados.com.br/subentendido/ - Acessado em 30/09/2017.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Mateus 5:34, 35 e 36 (Dos juramentos) - Momento Leitura

“Eu, porém vos digo: de modo algum jureis; nem pelo céu, por ser o trono de DEUS; nem pela terra, por ser estrado de seus pés; nem por Jerusalém por ser cidade do grande Rei; nem jures pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco ou preto.”

Mateus 5:34, 35 e 36 (Dos juramentos)


segunda-feira, 25 de setembro de 2017

COMO O DIABO DERRUBA UM HOMEM OU UMA MULHER DE DEUS (Momento Leitura)

As 3 primeiras armas são:

1) Dinheiro
2) Orgulho
3) Vida sentimental 
E a 4ª arma é....

Agora vamos a nossa história para você descobrir qual é a 4ª arma usada pelo diabo para destruir os que fazem a obra de Deus.
Havia um irmão em uma igreja que tinha sucesso em tudo o que fazia. Tinha comunhão com Deus e andava em santidade, orando, jejuando e lendo a Bíblia. Aonde ele ia, desenvolvia o trabalho. E mais, muitas pessoas se convertiam, pois, ali havia curas, milagres etc.
O diabo, vendo isso, fez uma reunião no inferno e enviou o primeiro demônio, a pomba-gira. E ela falou para o irmão: Eu vou te derrubar!
O irmão logo amarrou o que o demônio falou, orou, jejuou, leu a Bíblia, fortaleceu o seu casamento, e ela foi embora.
O diabo convocou mais uma reunião e resolveu mandar o espírito da avareza para encher os olhos do irmão de ambição material. 
Novamente, o irmão orou, jejuou, leu a Bíblia, sacrificou tudo o que tinha e o diabo caiu por terra.
Revoltado, o diabo enviou o espírito do orgulho para encher o coração do irmão de orgulho próprio. 
Mas o irmão orou, jejuou, leu a Bíblia, e se humilhou diante de Deus. E, mais uma vez, o diabo caiu por terra.
O diabo viu que todas as suas tentativas tinham sido frustradas. Irado, resolveu mandar aqueles três demônios ficarem na igreja daquele irmão para ver onde ele errava. E para lá eles foram, só estudando e marcando os passos dele.
Um dia, os três demônios, ainda sem pegar nada que pudessem usar contra o irmão, viram outro demônio passar por aquela igreja. Vinha ele lá de longe, devagar, usando bengala, com uma aparência cansada. 
E os três demônios começaram a zombar dele. “Seu velho cansado, o que está fazendo por aqui?” 
E então perguntaram o nome dele. Ele olhou de lado, abriu um sorriso lateral sarcástico e disse: “Meu nome?  Eu sou o espírito do tempo. E vocês, o que fazem por aqui?”
E os outros demônios lhe contaram sua missão e como tinham fracassado até agora. 
Daí ele disse aos três: “Esperem que eu vou dar ordem quando vocês devem agir.” 
E disse mais: “Não tenham pressa, pois eu sei como trabalhar.” 
E aquele demônio sutilmente começou a agir. 
Primeiro, tirou o tempo daquele irmão enchendo sua agenda de coisas para fazer. 
Logo, ele não tinha mais tempo para jejuar, e enfraqueceu. 
Depois, tirou o tempo daquele irmão para não ler mais a Bíblia, e ele não mais ouviu a voz de Deus. E sem ouvir a voz de Deus, sua comunhão esfriou. 

Foi aí então que aquele demônio deu a ordem para os outros entrarem em ação. E, assim, aquele irmão que arrebentava, caiu.
O tempo é a 4ª arma usada pelo diabo para esfriar a fé dos que não perseveram. 
Às vezes, ele nos faz muito atarefados. Outras, ele até causa um falso senso de bem-estar, faz as lutas cessarem durante um tempo para que nós nos acomodemos na fé. E é assim que ele nos derruba. 
Lembre-se sempre de onde você veio, de onde você saiu, e do que Deus fez na sua vida para sempre se manter na fé. 
O vencedor não é o que começa, mas sim o que termina.

1 Pedro 4:7 (Alguns deveres dos crentes uns para com os outros) - Momento Leitura

“Ora, o fim de todas as coisas está próximo; sede, portanto, criteriosos e sóbrios a bem de vossas orações.

1 Pedro 4:7 (Alguns deveres dos crentes uns para com os outros)

sábado, 23 de setembro de 2017