quinta-feira, 30 de abril de 2015

A BÍBLIA E O CELULAR - Momento Leitura

Já imaginou o que aconteceria se tratássemos a nossa Bíblia do jeito
que tratamos o nosso celular?

E se sempre carregássemos a nossa Bíblia no bolso ou na bolsa?

E se déssemos uma olhada nela várias vezes ao dia?

E se voltássemos para apanhá-la quando a esquecemos em casa, no
escritório...?

E se a usássemos para enviar mensagens aos nossos amigos?

E se a tratássemos como se não pudéssemos viver sem ela?

E se a déssemos de presente às crianças?

E se a usássemos quando viajamos?

Mais uma coisa:

Ao contrário do celular, a Bíblia não fica sem sinal. Ela "pega" em
qualquer lugar.

Não é preciso se preocupar com a falta de crédito porque Jesus já
Pagou a conta e os créditos não têm fim.

E o melhor de tudo: não cai a ligação e a carga da bateria é para
toda a vida.


"Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está
Perto." (Isaías 55:6)


(Autor desconhecido)

Benefícios para quem tem o hábito de ler



Planos de Deus



quarta-feira, 29 de abril de 2015

terça-feira, 28 de abril de 2015

O rei que não acreditava em Deus - Momento Leitura

Há muito tempo, num reino distante, havia um rei que não acreditava na bondade de Deus.
Tinha, porém, um súdito que sempre lhe lembrava dessa verdade. Em todas as situações dizia:

- Meu rei, não desanime, porque tudo que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra!

Um dia, o rei saiu para caçar juntamente com seu súdito. De repente, uma fera da floresta atacou o rei. O súdito conseguiu matar o animal, porém não evitou que sua majestade perdesse o dedo mínimo da mão direita. O rei, furioso pelo que havia acontecido, e sem mostrar agradecimento por ter sua vida salva pelos esforços de seu servo, perguntou a este:

- E agora, o que você me diz? Deus é bom? Se Deus fosse bom eu não teria sido atacado, e não teria perdido o meu dedo.

O servo respondeu:
- Meu rei, apesar de todas essas coisas, somente posso dizer-lhe que Deus é bom, e que mesmo isso, perder um dedo, é para seu bem!
- Tudo que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra!

O rei, indignado com a resposta do súdito, mandou que fosse preso na cela mais escura e mais fedida do calabouço.
Após algum tempo, o rei saiu novamente para caçar e aconteceu dele ser atacado, desta vez por uma tribo de índios que vivia na selva. Estes índios eram temidos por todos, pois se sabia que faziam sacrifícios humanos para seus deuses. Mal prenderam o rei, passaram a preparar, cheios de júbilo, o ritual do sacrifício. Quando já estava tudo pronto, e o rei já estava diante do altar, o sacerdote indígena, ao examinar a vítima, observou furioso:

- Esse homem não pode ser sacrificado, pois é defeituoso! Falta-lhe um dedo!
E o rei foi libertado. Ao voltar para o palácio, muito alegre e aliviado, libertou seu súdito e pediu que viesse em sua presença. Ao ver o servo, abraçou-o afetuosamente dizendo-lhe:

- Meu caro, Deus foi realmente bom comigo! Você já deve estar sabendo que escapei da morte justamente porque não tinha um dos dedos. Mas ainda tenho em meu coração uma grande dúvida: se Deus é tão bom, por que permitiu que você fosse preso de maneira como foi?
Logo você, que tanto o defendeu!?

O servo sorriu e disse:
- Meu rei, se eu estivesse junto contigo nessa caçada, certamente seria sacrificado em teu lugar, pois não me falta dedo algum! Portanto, lembre-se sempre:

Tudo que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra!


Autor desconhecido

Jeitinho Brasileiro: não! É Corrupção mesmo!



Família: nossa maior riqueza



segunda-feira, 27 de abril de 2015

Loucura: Uma História de Amor (Momento Leitura)

Contam que, uma vez, reuniram-se os sentimentos e qualidades dos homens em um lugar da terra.
O Aborrecimento havia reclamado pela terceira vez que não suportava mais ficar à toa e a Loucura, como sempre louca, propôs-lhe:
- Vamos brincar de esconde-esconde? A Intriga levantou a sobrancelha intrigada e a Curiosidade, sem poder conter-se, perguntou-lhe:
- Esconde-esconde? Como é isso?
É um jogo, explicou a Loucura, em que eu fecho os olhos e começo a contar de um a um milhão enquanto vocês se escondem, e quando eu tiver terminado de contar, o primeiro de vocês que eu encontrar ocupará meu lugar para continuar o jogo.
O Entusiasmo dançou seguido pela Euforia.
A Alegria deu tantos saltos que acabou convencendo a Dúvida e até mesmo a Apatia, que nunca se interessava por nada.
Mas nem todos quiseram participar.
A Verdade preferiu não se esconder. Para que, se no final todos a encontravam?
A Soberba opinou que era um jogo muito tonto (no fundo o que a incomodava era que a ideia não tivesse sido dela) e a Covardia preferiu não se arriscar.
- Um, dois, três, quatro... - começou a contar a Loucura.
A primeira a esconder-se foi a Pressa, que como sempre caiu tropeçando na primeira pedra do caminho.
A Fé subiu ao céu e a Inveja se escondeu atrás da sombra do Triunfo, que com seu próprio esforço, tinha conseguido subir na copa da árvore mais alta.
A Generosidade quase não consegue esconder-se, pois cada local que encontrava lhe parecia maravilhoso para algum de seus amigos - se era um lago cristalino, ideal para a Beleza; se era a copa de uma árvore, perfeito para a Timidez; se era o voo de uma borboleta, o melhor para a Volúpia; se era uma rajada de vento, magnífico para a Liberdade, e assim, acabou escondendo-se em um raio de sol.
O Egoísmo, ao contrário, encontrou um local muito bom desde o início, ventilado, cômodo, mas apenas para ele.
A Mentira escondeu-se no fundo do oceano (mentira, na realidade, escondeu-se atrás do arco-íris), e o Desejo, no centro dos vulcões.
O Esquecimento, não me recordo onde se escondeu, mas isso não é importante.
Quando a Loucura estava lá pelo 999.999, o Amor ainda não havia encontrado um local para esconder-se, pois todos já estavam ocupados, até que encontrou um roseiral e, carinhosamente, decidiu esconder-se entre as suas flores.
- Um milhão. - Contou a Loucura, e começou a busca.
A primeira a aparecer foi a Pressa, apenas a três passos de uma pedra.
Depois, escutou-se a Fé “papiando” com Deus no céu sobre zoologia.
Sentiu-se vibrar o Desejo nos vulcões.
Em um descuido encontrou a Inveja, e claro, pôde deduzir onde estava o Triunfo.
O Egoísmo, não teve nem que procurá-lo. Ele sozinho saiu disparado de seu esconderijo, que na verdade era um ninho de vespas.
De tanto caminhar, a Loucura sentiu sede e, ao aproximar-se de um lago, descobriu a Beleza.
A Dúvida foi mais fácil ainda, pois a encontrou sentada sobre uma cerca sem se decidir de que lado esconder-se.
E assim foi encontrando todos. O Talento, entre a erva fresca; a Angústia, em uma cova escura; a Mentira, atrás do arco-íris (não, Mentira, ela estava no fundo do oceano); e até o Esquecimento, pra quem já havia esquecido que estava brincando de esconde-esconde. Apenas o Amor não aparecia em nenhum local. A Loucura a procurou atrás de cada árvore, embaixo de cada rocha do planeta, e em cima das montanhas.
Quando estava a ponto de dar-se por vencida, encontrou um roseiral.
Pegou uma forquilha e começou a mover os ramos, quando, no mesmo instante, escutou-se um doloroso grito. Os espinhos tinham ferido o Amor nos olhos. A Loucura não sabia o que fazer para desculpar-se. Chorou, orou, implorou, pediu perdão e até prometeu ser seu guia.
Desde então, desde que pela primeira vez se brincou de esconde-esconde na terra, o Amor é cego e a Loucura sempre o acompanha.

(Autor desconhecido)

Vizinho Barulhento?



Só a Bíblia Transforma



domingo, 26 de abril de 2015

Pedalar faz bem à saúde



Professor

Ser professor é professar a fé e a certeza de
que tudo terá valido a pena se o aluno sentir-se feliz
pelo que aprendeu com você e pelo que ele lhe ensinou...

Ser professor é consumir horas e horas pensando
em cada detalhe daquela aula que, mesmo ocorrendo
todos os dias, a cada dia é única e original...

Ser professor é entrar cansado numa sala de aula e,
diante da reação da turma, transformar o cansaço
numa aventura maravilhosa de ensinar e aprender...

Ser professor é importar-se com o outro numa
dimensão de quem cultiva uma planta muito rara que
necessita de atenção, amor e cuidado.

Ser professor é ter a capacidade de "sair de cena,
sem sair do espetáculo".

Ser professor é apontar caminhos, mas deixar que
o aluno caminhe com seus próprios pés...

(Autor Desconhecido)
  

Porque Dia dos Professores é todo Dia.

Acesso ao Pai



sábado, 25 de abril de 2015

HISTÓRIA SEM HISTÓRIA - Momento Leitura


Havia um importante serviço a ser feito e Todo Mundo estava certo de que Alguém faria. Qualquer Um poderia tê-lo feito, mas Ninguém pensou na hipótese. Alguém reclamou, porque o serviço era para Todo Mundo, mas o Mundo estava certo de que Qualquer Um o faria. Só que Ninguém podia imaginar que Todo Mundo iria tirar o corpo fora.
Por fim, Todo Mundo terminou culpando Alguém, porque Ninguém fez o que Qualquer Um poderia ter feito.

Texto recebido no Congresso sobre Evasão e Repetência,

ocorrido em Belo Horizonte, Minas Gerais, Junho, 1985.

Enfrentar a Vida Juntos



sexta-feira, 24 de abril de 2015

Especialização em Língua Portuguesa (36) - Pós-graduação "Lato Sensu" - 2012

Especialização em Língua Portuguesa
Pós-graduação "Lato Sensu" - 2012



O Valor do Estudo:
Estudando já é difícil alcançar os objetivos... imagine sem o estudo... Realmente não dá!

-------------------------------------------------
"As pessoas podem duvidar do que você diz, mas acreditarão sempre no que você faz." (Ralph W. Emerson)

“O que ensina, esmere-se no fazê-lo.” (Romanos 12:7)

“Aprendam o que é ensinado a vocês.” (Provérbios 8:33)

“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.” (Leonardo Da Vinci)

“Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” Mateus 5:16

"Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer que a sua alma goze do bem do seu trabalho. Vi que também isso vem da mão de DEUS." (Eclesiastes 2:24)

O valor de ser Educador - Momento Leitura

Ser transmissor de verdades,
De inverdades...
Ser cultivador de amor,
De amizades.
Ser convicto de acertos,
De erros.
Ser construtor de seres,
De vidas.
Ser edificador.
Movido por impulsos, por razão, por emoção.
De sentimentos profundos,
Que carrega no peito o orgulho de educar.
Que armazena o conhecer,
Que guarda no coração, o pesar
De valores essenciais
Para a felicidade dos “seus”.
Ser conquistador de almas.
Ser lutador,
Que enfrenta agruras,
Mas prossegue, vai adiante realizando sonhos,
Buscando se autorrealizar,
Atingir sua plenitude humana.
Possuidor de potencialidades.
Da fraqueza, sempre surge a força
Fazendo-o guerreiro.
Ser de incalculável sabedoria,
Pois o valor da sabedoria é melhor que o de rubis.
É... Esse é o valor de ser educador.


(Autor desconhecido)

Consciência Limpa



quarta-feira, 22 de abril de 2015

O Professor Excepcional - Momento Leitura

O professor medíocre: informa;
O professor bom: explica;
O professor muito bom: demonstra;
O professor Excepcional: Inspira!

(Autor desconhecido)

Gestão Escolar: Desafios e Possibilidades (35): Mais um Certificado para a Coleção

Gestão Escolar: Desafios e Possibilidades - 2013



O Valor do Estudo:
Estudando já é difícil alcançar os objetivos... imagine sem o estudo... Realmente não dá!
_________________________________

As pessoas podem duvidar do que você diz, mas acreditarão sempre no que você faz. (Ralph W. Emerson)

“O que ensina, esmere-se no fazê-lo.” (Romanos 12:7)

“Aprendam o que é ensinado a vocês.” (Provérbios 8:33)

“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.” (Leonardo Da Vinci)

“Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” Mateus 5:16

"Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer que a sua alma goze do bem do seu trabalho. Vi que também isso vem da mão de DEUS." (Eclesiastes 2:24)

Não Coloque Limites para os Seus Sonhos



terça-feira, 21 de abril de 2015

Casar-se de Novo (Por Arnaldo Jabor) - Momento Leitura

Meus amigos separados não cansam de perguntar como consegui ficar casado 30 anos com a mesma mulher.
As mulheres sempre mais maldosas que os homens, não perguntam à minha esposa como ela consegue ficar casada com o mesmo homem, mas como ela consegue ficar casada comigo.
Os jovens é que fazem as perguntas certas, ou seja, querem conhecer o segredo para manter um casamento por tanto tempo. Ninguém ensina isso nas escolas, pelo contrário.
Não sou um especialista do ramo, como todos sabem, mas dito isso, minha resposta é mais ou menos a que segue:
Hoje em dia o divórcio é inevitável, não dá para escapar. Ninguém aguenta conviver com a mesma pessoa por uma eternidade.
Eu, na realidade já estou em meu terceiro casamento - a única diferença é que casei três vezes com a mesma mulher.
Minha esposa, se não me engano está em seu quinto, porque ela pensou em pegar as malas mais vezes que eu.
O segredo do casamento não é a harmonia eterna.
Depois dos inevitáveis arranca-rabos, a solução é ponderar, se acalmar e partir de novo com a mesma mulher.
O segredo no fundo é renovar o casamento e não procurar um casamento novo. Isso exige alguns cuidados e preocupações que são esquecidos no dia a dia do casal. De tempos em tempos, é preciso renovar a relação. De tempos em tempos é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar, seduzir e ser seduzido.
Há quanto tempo vocês não saem para dançar?
Há quanto tempo você não tenta conquistá-la ou conquistá-lo como se seu par fosse um pretendente em potencial?
Há quanto tempo não fazem uma lua de mel, sem os filhos eternamente brigando para ter a sua irrestrita atenção?
Sem falar dos inúmeros quilos que se acrescentaram a você depois do casamento.
Mulher e marido que se separam perdem 10 kg em um único mês - por que vocês não podem conseguir o mesmo? Faça de conta que você está de caso novo. Se fosse um casamento novo, você certamente passaria a frequentar lugares novos e desconhecidos, mudaria de casa ou apartamento, trocaria seu guarda-roupa, os discos, o corte de cabelo, a maquiagem.
Mas tudo isso pode ser feito sem que você se separe de seu cônjuge.
Vamos ser honestos: ninguém aguenta a mesma mulher ou o mesmo marido por trinta anos com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas.
Muitas vezes não é a sua esposa que está ficando chata e mofada, é você, são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração.
Se você se divorciasse, certamente trocaria tudo, que é justamente um dos prazeres da separação.
Quem se separa se encanta com a nova vida, a nova casa, um novo bairro, um novo circuito de amigos. Não é preciso um divórcio litigioso para ter tudo isso.
Basta mudar de lugares e interesses e não se deixar acomodar.
Isso obviamente custa caro e muitas uniões se esfacelam porque o casal se recusa a pagar esses pequenos custos necessários para renovar um casamento.

Mas se você se separar sua nova esposa vai querer novos filhos, novos móveis, novas roupas e você ainda terá a pensão dos filhos do casamento anterior.
Não existe essa tal 'estabilidade do casamento' nem ela deveria ser almejada (muitas vezes é confundida com 'acomodação', o que é cruel...). O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos.
A melhor estratégia para salvar um casamento não é manter uma 'relação estável', mas saber mudar juntos.
Todo cônjuge precisa evoluir: estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensado em fazer no início do casamento.
Isso é necessário também no trabalho, por que não na própria família? É o que seus filhos fazem desde que vieram ao mundo.
Portanto descubra a nova mulher ou o novo homem que vive ao seu lado, em vez de sair por aí tentando descobrir um novo interessante par.
Tenho certeza de que seus filhos os respeitarão pela decisão de se manterem juntos e aprenderão a importante lição de como crescer e evoluir unidos apesar das desavenças.
Brigas e arranca-rabos sempre ocorrerão: por isso de vez em quando é necessário casar-se de novo, mas tente fazê-lo sempre com o mesmo par.

Travessias Narrativas (34): Mais um Certificado para a Coleção

Travessias Narrativas - 2013


O Valor do Estudo:
Estudando já é difícil alcançar os objetivos... imagine sem o estudo... Realmente não dá!
_________________________________

"As pessoas podem duvidar do que você diz, mas acreditarão sempre no que você faz." (Ralph W. Emerson)

“O que ensina, esmere-se no fazê-lo.” (Romanos 12:7)

“Aprendam o que é ensinado a vocês.” (Provérbios 8:33)

“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.” (Leonardo Da Vinci)

“Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” Mateus 5:16

"Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer que a sua alma goze do bem do seu trabalho. Vi que também isso vem da mão de DEUS." (Eclesiastes 2:24)

Se os Nossos Olhos Vissem Almas



domingo, 19 de abril de 2015

Experiência e Sabedoria (Momento Leitura)

Mestre, como faço para me tornar um sábio?
- Boas escolhas.
- Mas como fazer boas escolhas? – Pergunta o discípulo.
- Experiência – diz o mestre.
- E como adquirir experiência, mestre?
- Más escolhas.

-------------------------------------
(Autor Desconhecido)
Se alguém souber o nome do autor deste texto, avise-me; para que eu possa dar os devidos créditos.

Os pais não são eternos



Bullyng: Estratégias Preventivas (33): Mais um Certificado para a Coleção

Bullyng: Estratégias Preventivas - 2013

O Valor do Estudo:
Estudando já é difícil alcançar os objetivos... imagine sem o estudo... Realmente não dá!
_________________________________

As pessoas podem duvidar do que você diz, mas acreditarão sempre no que você faz. (Ralph W. Emerson)

“O que ensina, esmere-se no fazê-lo.” (Romanos 12:7)

“Aprendam o que é ensinado a vocês.” (Provérbios 8:33)

“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.” (Leonardo Da Vinci)

“Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” Mateus 5:16

"Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer que a sua alma goze do bem do seu trabalho. Vi que também isso vem da mão de DEUS." (Eclesiastes 2:24)

O Foco tem de ser Jesus: Sempre!



quinta-feira, 16 de abril de 2015

O Professor está sempre errado - Momento Leitura

Quando…

Se é jovem, não tem experiência.
Se é velho, está superado.
Se não tem automóvel, é um coitado.
Se tem automóvel, chora de “barriga cheia”.
Se fala em tom normal, ninguém escuta.

          Se não falta ao colégio, é um “Caxias”.
          Se precisa faltar, é turista.
          Se conversa com os outros professores, está “malhando os alunos”.
          Se dá muita matéria, não tem dó dos alunos.
          Se dá pouca matéria, não prepara os alunos.

Se brinca com a turma, é metido a engraçado.
Se não brinca com a turma, é um chato.
Se chama a atenção, é um grosso.
Se não chama a atenção, não sabe se impor.
Se a prova é longa, não dá tempo.
Se a prova é curta, tira as chances do aluno.

          Se escreve muito, não explica.
          Se explica muito, o caderno não tem nada.
          Se fala corretamente, ninguém entende.
          Se fala a “língua” do aluno, não tem vocabulário.
          Se exige, é rude.
          Se elogia, é debochado.
          O aluno é reprovado, é perseguição.
          O aluno é aprovado, “deu mole”.

O professor está sempre errado, mas se você conseguiu ler até aqui agradeça a ele!

(Autor Desconhecido)
Se alguém souber o nome do autor deste texto, avise-me; para que eu possa dar os devidos créditos.
 
            “O que ensina, esmere-se no fazê-lo.” (Romanos 12:7 – Bíblia)
 

“Feliz é aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” (Cora Coralina)

Como Desenvolver Competências em Sala de Aula (32): Mais um Certificado para a Coleção

Como Desenvolver Competências em Sala de Aula - 2013



O Valor do Estudo:
Estudando já é difícil alcançar os objetivos... imagine sem o estudo... Realmente não dá!
_________________________________
"As pessoas podem duvidar do que você diz, mas acreditarão sempre no que você faz." (Ralph W. Emerson)

“O que ensina, esmere-se no fazê-lo.” (Romanos 12:7)

“Aprendam o que é ensinado a vocês.” (Provérbios 8:33)

“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.” (Leonardo Da Vinci)

“Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” Mateus 5:16

"Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer que a sua alma goze do bem do seu trabalho. Vi que também isso vem da mão de DEUS." (Eclesiastes 2:24)

Embargos Infringentes e Agravo Retido

Reduzindo a burocracia...


terça-feira, 14 de abril de 2015

Professores são educadores, não babás - Por Ron Clark

Professores são educadores, não babás

Autor do 2º artigo mais compartilhado no Facebook em 2011, americano diz que pais desrespeitam regras de escolas, pondo em risco o futuro dos filhos.

Nathalia Goulart


Ron Clark e seus alunos: em defesa de mais cooperação entre pais e professores (Divulgação/Ron Clark Academy)
"Hoje, existe uma preocupação grande com a autoestima da criança. Por isso, muitas pessoas se veem obrigadas a dizer aos pequenos que eles fizeram um ótimo trabalho e que são brilhantes, mesmo quando isso não é verdade."
O segundo artigo mais compartilhado em 2011 por usuários americanos do Facebook foi escrito por um professor, Ron Clark (o primeiro trazia fotos da usina de Fukushima). Mais de 600.000 pessoas curtiram o texto na rede, escrito a pedido da rede de TV CNN e entitulado "O que os professores realmente querem dizer aos pais". O artigo descreve um cenário de guerra, travada entre pais e professores. Na visão de Clark, os pais vêm transferindo suas responsabilidades para a escola, sem, contudo, aceitar que seus filhos se submetam de fato às regras da instituição. Por isso, assim que surge a primeira nota vermelha ou uma advertência, invadem a sala de aula culpando os professores – a pretexto de preservar a reputação e o orgulho de seus filhos. "Precisamos estar mais atentos à excelência acadêmica e menos preocupados com a autoestima das crianças", diz o professor, na entrevista concedida a VEJA.com e reproduzida a seguir.
"Essas crianças deixam de aprender que é preciso se esforçar muito para conseguir bons resultados. No futuro, elas não terão sucesso porque, em nenhum momento, exigiu-se excelência delas." Clark conhece sua profissão. Aos 39 anos, vinte deles dedicados à carreira, o americano já lecionou na zona rural da Carolina do Norte, nos subúrbios de Nova York e atualmente comanda uma escola modelo no estado da Geórgia que oferece treinamento para educadores. Graças à função, manteve, desde 2007, contato com cerca de 10.000 educadores de diversas partes do mundo, incluindo brasileiros.

Em seu artigo, o senhor fala de um ambiente escolar em que pais e professores não se entendem mais. O que tornou a situação insustentável, como o senhor descreve?
A sociedade se transformou. Hoje, vemos pais muito jovens, temos adolescentes que se veem obrigados a criar uma criança sem ao menos estarem preparados para isso. São pessoas imaturas. Por outro lado, temos famílias abastadas, em que pais trabalham fora e são bem-sucedidos profissionalmente. Pela falta de tempo para lidar com os filhos, empurram toda a responsabilidade da educação para a escola, mas querem ditar as regras da instituição. Ou seja, eles querem que a escola eduque, mas não dão autonomia a ela.

Que tipo de comportamento dos pais irrita os professores?
Acho que o ponto principal são as desculpas que os pais criam para livrar os filhos das punições que a escola prevê. Se um aluno tira nota baixa, por exemplo, ou deixa de entregar um trabalho, os pais vão à escola e descarregam todo tipo de desculpa: dizem que o filho precisava se divertir, que a escola é muito rigorosa ou que a criança está passando por um momento difícil. Ou, ainda, culpam os professores, dizendo que eles não são capazes de ensinar a matéria. Mas nunca culpam seus próprios filhos. É muito frustrante para os professores ver que os pais não querem assumir suas responsabilidades.
Problemas com notas são bastante frequentes?
Sim. Certa vez tive uma aluna que estava indo mal em matemática. A mãe dela justificou-se dizendo que, na escola em que a filha estudara antes, ela só tirava boas notas, sugerindo, assim, que o problema éramos nós, os novos professores. Infelizmente, essa ideia se instalou na nossa sociedade. Se a nota é boa, o mérito é do aluno; se é baixa, o problema está com o professor. E quando as notas ruins surgem, os pais ficam furiosos com os professores. O resultado disso é que muitos profissionais estão evitando dar nota baixa para não entrar em rota de colisão com os pais, que nos Estados Unidos chegam a levar advogados para intimidar a escola.

Os pais poupam os filhos de lidar com fracassos?
Hoje, existe uma preocupação grande com a autoestima da criança. Por isso, muitas pessoas se veem obrigadas a dizer aos pequenos que eles fizeram um ótimo trabalho e que são brilhantes, mesmo quando isso não é verdade. Essas crianças deixam de aprender que é preciso se esforçar muito para conseguir bons resultados. No futuro, elas não terão sucesso porque, em nenhum momento, exigiu-se excelência delas. Precisamos estar mais atentos à excelência acadêmica e menos preocupados com a autoestima das crianças.

Que conselho o senhor dá aos professores?
É possível evitar que os pais surtem diante de notas ruins e do mau comportamento dos filhos se for construída uma relação de confiança. Em vez  de só procurar os pais quando as crianças vão mal na escola, oriento que os professores conversem com os responsáveis também quando a criança vai bem. Na minha escola, procuro conhecer os pais de todos os meus alunos. Procuro encontrá-los com frequência e envio cartas a eles com boas notícias. Assim, quando tenho de dizer que a criança não está rendendo o esperado, eles me darão credibilidade e confiarão na minha avaliação.

É possível determinar quando termina a responsabilidade dos pais e começa a da escola?
As duas partes precisam trabalhar em conjunto. Os pais precisam da escola e a escola precisa do apoio da família para realizar um bom trabalho. Um conselho que sempre dou aos pais é que nunca falem mal da instituição de ensino ou do professor na frente dos filhos. Se a criança ouve os próprios pais desmerecerem seus mestres, perde o respeito por eles. O contrário também é verdadeiro. Os professores precisam respeitar os pais, porque eles são parte fundamental na educação de uma criança.

Em algumas situações a discussão sobre responsabilidades da família e da escola surge com muita força. Em casos de bullying, por exemplo, pais e professores trocam acusações. Sobre quem recai a maior parte da responsabilidade nesses casos?
A minha resposta novamente é que precisamos trabalhar em conjunto. Quando o bullying acontece na escola, é obrigação dos professores intervir imediatamente. Mas muitos não agem assim porque querem evitar conflitos com os pais. E isso é muito grave. O bullying está devastando nossas crianças. Precisamos combatê-lo. Para que os professores tenham liberdade para agir, precisam do apoio dos pais. Mas você sabe o que acontece? Muitas vezes, quando os pais são chamados na escola para serem alertados de que seu filho está praticando bullying contra um colega de classe, o que ouvimos é: "Mas qual o problema disso? Tenho certeza de que outros colegas também zombam do meu filho e ele não se sente mal por isso." Mais uma vez, vemos os pais se esquivando da responsabilidade.

A que o senhor atribui o sucesso do artigo que estourou no Facebook?
Eu escrevi o que todos os professores tinham vontade de dizer aos pais, mas não podiam dizer, porque isso os enfureceria. O que eu fiz foi dar voz a milhões de profissionais. Fiquei sabendo que muitas escolas imprimiram o texto e enviaram uma cópia a cada família. Na internet, pessoas de outros países também compartilharam a minha mensagem.

O senhor criou uma escola modelo, a Ron Clark Academy. Como é a relação de seus professores com os pais?
Procuramos estabelecer uma relação próxima. Como eu disse, estamos constantemente em contato com os pais, nos bons e nos maus momentos. Também promovemos encontros semanalmente, nos quais ofereço aos pais a oportunidade de assistir a uma aula na escola, destinada exclusivamente a eles, para que acompanhem o que está sendo ensinado aos seus filhos. Ou seja, trabalhamos muito para conquistar uma relação harmônica. Não estou dizendo que é fácil lidar com os pais. Alguns deles podem ser bem malucos.

O senhor, na sua escola, recebe professores de diversas partes dos Estados Unidos e também de outros países, como o Brasil. Além dos problemas de relacionamento com os pais, do que mais os professores de todo o mundo reclamam?
As avaliações tiram o sono dos professores. Não sei exatamente como funciona no Brasil, mas nos Estados Unidos os professores são constantemente cobrados a melhorar o desempenho de suas escolas em testes padronizados. E todo o processo educacional passa a girar em torno de algumas provas. Isso é massacrante, para os alunos e para os professores. Os professores precisam de mais diversão na sala de aula.

Professor: apesar de tudo



domingo, 12 de abril de 2015

O Abacaxi - Para quem quer pedir aumento para o chefe

João trabalhava em uma empresa há muitos anos. Funcionário sério, dedicado, cumpridor de suas obrigações e, por isso mesmo, já com seus 20 anos de casa.

Um belo dia, ele procura o dono da empresa para fazer uma reclamação:
— Patrão, tenho trabalhado durante estes 20 anos em sua empresa com toda a dedicação, só que me sinto um tanto injustiçado.
O Juca, que está conosco há somente três anos, está ganhando mais do que eu.
O patrão escutou atentamente e disse:
— João, foi muito bom você vir aqui.
Antes de tocarmos nesse assunto, tenho um problema para resolver e gostaria da sua ajuda.
Estou querendo dar frutas como sobremesa ao nosso pessoal após o almoço.
Aqui na esquina tem uma quitanda. Por favor, vá até lá e verifique se eles têm abacaxi.
João, meio sem jeito, saiu da sala e foi cumprir a missão.
Em cinco minutos estava de volta.
— E aí, João?
— Verifiquei como o senhor mandou. O moço tem abacaxi.
— E quanto custa?
— Isso eu não perguntei, não.
— Eles têm quantidade suficiente para atender a todos os funcionários?
— Também não perguntei isso, não.
— Há alguma outra fruta que possa substituir o abacaxi?
— Não sei, não…
— Muito bem, João. Sente-se ali naquela cadeira e me aguarde um pouco.
O patrão pegou o telefone e mandou chamar o Juca. Deu a ele a mesma orientação que dera a João:
— Juca, estou querendo dar frutas como sobremesa ao nosso pessoal após o almoço. Aqui na esquina tem uma quitanda. Vá até lá e verifique se eles têm abacaxi, por favor.
Em oito minutos o Juca voltou.
— E então? – indagou o patrão.


— Eles têm abacaxi, sim, e em quantidade suficiente para todo o nosso pessoal; e se o senhor preferir, tem também laranja, banana e mamão. O abacaxi é vendido a R$1,50 cada; a banana e o mamão a R$1,00 o quilo; o melão R$ 1,20 a unidade e a laranja a R$ 20,00 o cento, já descascada. Mas como eu disse que a compra seria em grande quantidade, eles darão um desconto de 15%. Aí aproveitei e já deixei reservado. Conforme o senhor decidir, volto lá e confirmo – explicou Juca.
Agradecendo as informações, o patrão dispensou-o.
Voltou-se para o João, que permanecia sentado ao lado, e perguntou-lhe:
— João, o que foi mesmo que você estava me dizendo?
— Nada sério, não, patrão. Esqueça. Com licença.
E o João deixou a sala…


Tem muita gente assim. Acomodada, que não faz absolutamente nada além do que foi estritamente pedido ou solicitado. São pessoas que acham “que já fazem demais” e sentem-se os eternos injustiçados. Num mercado competitivo como o do mundo atual, quem for melhor, quem se esforçar mais, quem se interessar realmente pelo que faz, é óbvio, que vai galgar postos no ambiente de trabalho. Não se restrinja, não se limite, amplie seus horizontes. Só assim você vai se destacar e ter sucesso na sua vida profissional.

(Autor Desconhecido)
Se alguém souber o nome do autor deste texto, avise-me; para que eu possa dar os devidos créditos.

Oração é Tudo



quinta-feira, 9 de abril de 2015

Registro de Filho: Certidão de Nascimento



Aprender: Provérbios - Frases


“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.” (Leonardo Da Vinci)

“Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Por isso, aprendemos sempre.” (Paulo Freire)


“Só gosto de corrigir as pessoas que gostam de aprender; os burros ficam danados quando se descobre uma besteira deles.” (Aurélio Buarque de Hollanda)

“A repetição é didática para o aprendizado.” (Autor desconhecido)

Valores: O que é mais importante hoje em dia?



domingo, 5 de abril de 2015

História Estratégica - Virar a terra

Um senhor vivia sozinho em Minnesota.
Ele queria virar a terra de seu jardim para plantar flores, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que o ajudava nesta tarefa, estava na prisão. O homem então escreveu a seguinte carta ao filho:
'Querido Filho, estou triste, pois não vou poder plantar meu jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo, porque tua mãe sempre adorou flores e esta é a época certa para o plantio.
Mas eu estou velho demais para cavar a terra. Se você estivesse aqui, eu não teria esse problema, mas sei que tu não podes me ajudar, pois estás na prisão.
Com amor, Teu Pai.'

Pouco depois, o pai recebeu o seguinte telegrama:
'PELO AMOR DE DEUS, Pai, não escave o jardim! Foi lá que eu escondi os corpos.'

Como as correspondências eram monitoradas na prisão, às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de agentes do FBI e policiais apareceram e cavaram o jardim inteiro, sem encontrar qualquer corpo.

Confuso, o velho escreveu uma carta para o filho contando o que acontecera. Esta foi a resposta:
'Pode plantar seu jardim agora, amado Pai. Isso foi o máximo que eu pude fazer no momento.'


Estratégia é tudo!!!

Nada como uma boa estratégia para conseguir coisas que parecem impossíveis.

Assim, é importante repensar sobre as pequenas coisas que muitas vezes nós mesmos colocamos como obstáculos em nossas vidas.

'Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional!'



(Autor Desconhecido)
Se alguém souber o nome do autor deste texto, avise-me; para que eu possa dar os devidos créditos.

Páscoa: O que eu ganhei?



sábado, 4 de abril de 2015

O NEGÓCIO TÁ RUIM? TUDO VAI MAL? ENTÃO… - Momento Leitura

ABRA A GELADEIRA

TEM GENTE QUE PENSA QUE TUDO ESTÁ CONTRA. E É O CONTRÁRIO: TUDO ESTÁ A NOSSO FAVOR; TUDO CONSPIRA A NOSSO FAVOR E A FELICIDADE, SÓ NÃO SE CONCRETIZA MUITAS VEZES, PORQUE NÃO ENTENDEMOS AS MENSAGENS QUE DEUS NOS ENVIA DIARIAMENTE.

            AQUELE HOMEM ESTAVA DIANTE DE UMA PIA LOTADA DE PRATOS, TALHERES E PANELAS PARA LAVAR. CONFABULAVA CONSIGO MESMO, CONTRARIADO, E PERGUNTANDO MENTALMENTE, POR QUE SUA ESPOSA TINHA QUE FICAR DOENTE (ESTAVA INTERNADA). AGORA, ELE ESTAVA ALI, ARRUMANDO TODA A COZINHA, COM CINCO FILHOS PEQUENOS PARA CUIDAR. SENTIA-SE PRESSIONADO COM A QUANTIDADE DE AFAZERES DOMÉSTICOS E O BARULHO ENSURDECEDOR DAS CRIANÇAS E, AO MESMO TEMPO, PERGUNTAVA-SE COMO ERA POSSÍVEL A UMA MULHER DAR CONTA DE TANTO SERVIÇO, SEM CONTAR A ATENÇÃO AO MARIDO…

            O FILHO MENOR O INDAGAVA O TEMPO TODO ONDE ESTAVA O OUTRO IRMÃO. ELES BRINCAVAM DE ESCONDE-ESCONDE E, A TODO MOMENTO, O FILHO LHE PERGUNTAVA ONDE O IRMÃO TERIA SE ESCONDIDO. NESTA PRESSÃO TODA, TOCA A CAMPAINHA, ELE ATENDE E DEPARA-SE COM UM MENDIGO, QUE LHE PEDE UM PRATO DE COMIDA. ELE DIZ NÃO TER COMIDA. O MENDIGO INSISTE QUE DEVE HAVER ALGO NA GELADEIRA. SUA IRRITAÇÃO VAI AO EXTREMO DIANTE DAQUELA PETULÂNCIA… O MENDIGO ENTÃO, EXPLICA QUE SUA ESPOSA (E PERGUNTA POR ELA) SEMPRE BUSCAVA NA GELADEIRA ALGO PARA LHE OFERECER…
         MUITO NERVOSO O HOMEM AGARRA O MENDIGO PELA MANGA E O ARRASTA ATÉ A GELADEIRA, PARA MOSTRAR AO PETULANTE, QUE NADA HAVIA PARA SERVIR.

            NO MOMENTO EM QUE ABRE A GELADEIRA, DÁ UM GRITO, O FILHO PEQUENO ESTAVA LÁ DENTRO, ESCONDIDO, DURO; ABRIU, ENTROU E FECHOU POR DENTRO, PORÉM, NÃO CONSEGUIA ABRIR PARA SAIR… FOI AQUELA CORRERIA ATÉ O HOSPITAL. O MÉDICO ATENDENTE AFIRMA, ENTÃO, QUE O GAROTO FOI SALVO POR SEGUNDOS…



MEU AMIGO (A), DEUS ESTÁ SEMPRE A NOS DAR AVISOS, MANDANDO RECADOS, EMITINDO SINAIS… SÓ QUE MUITAS VEZES NOS FECHAMOS E FICAMOS GELADOS FEITO UMA GELADEIRA.
JESUS ESTÁ ÀS PORTAS ALERTANDO PARA O PERIGO DE SE ESTAR CONGELADO ESPIRITUALMENTE, E QUER AQUECER SEU CORAÇÃO, QUER QUE VOCÊ ABRA A PORTA DA SUA GELADEIRA, OPS, DIGO, CORAÇÃO, E O DEIXE ENTRAR, PARA QUE ELE POSSA AQUECER VOCÊ COM O FOGO DO SEU AMOR E SALVAÇÃO! NÃO MORRA CONGELADO ESPIRITUALMENTE! RECEBA OS SINAIS DE DEUS, DE JESUS E DE SEU SANTO ESPÍRITO; OU SINCERAMENTE, VOCÊ ACHA QUE É POR ACASO QUE AGORA VOCÊ ESTÁ LENDO ESTA MENSAGEM? O QUÊ? NÃO É A 1ª VEZ QUE JESUS FALA COM VOCÊ POR MEIO DE MENSAGENS? ENTÃO JÁ ESTÁ MAIS DO QUE NA HORA, NÃO ACHA? VEM PARA JESUS!
DEUS ABENÇOE VOCÊ! PAZ!

Malaquias 1:2 - “EU VOS TENHO AMADO, DIZ O SENHOR”.

    

(Autor Desconhecido)
Se alguém souber o nome do autor deste texto, avise-me; para que eu possa dar os devidos créditos.

João 3:16 - Análise de Palavras e Termos



Só um minuto - Sem Interesse: Momento Leitura

Um homem chegou para DEUS e perguntou:
- DEUS, quanto é um milhão de anos para o Senhor?
DEUS respondeu:
- Menos que um minuto.
Então o homem perguntou novamente:
- DEUS, quanto é um milhão de dólares para o Senhor?
E pacientemente DEUS respondeu:
- Menos que um centavo.
Então o homem se julgando esperto diz:
- Senhor meu DEUS, eu te amo tanto... Posso te pedir uma coisa?
- Claro que sim. – responde DEUS.
- DEUS, dá-me um centavo?
Bondosamente DEUS responde:
- Claro meu filho, espere só um minuto!

            Muitos estão procurando DEUS interessados no que Ele pode dar ou fazer em seu benefício. Mas esse tipo de esperteza não funciona com JESUS. O coração muitas vezes enganoso pode buscar a presença de DEUS ou lembra-se dEle apenas por causa dos Seus favores, ou por causa de desesperos, quando na verdade deveria estar constantemente diante dEle pelo que Ele é: DEUS!
            Você terá tudo de DEUS quando DEUS tiver tudo de você! E o que Ele mais deseja é ter o seu coração e a sua vida. Aprenda a se entregar para Ele ainda hoje, com sinceridade e amor de filho em seu coração, e comece a desfrutar da vida abundante que Ele tem preparado para você; aprenda tudo o que JESUS quer de você através do manual que Ele nos deixou: a Bíblia.
            Visite uma igreja que prega a Palavra de DEUS como deve ser pregada, com a orientação do Espírito Santo. Uma igreja que leva a Palavra de DEUS a sério, sem “achismos”, sem “pirotecnias”, sem “estrelismos”, etc. Descubra os tesouros que existem no evangelho de JESUS!

Que DEUS abençoe grandemente a você e a toda sua família.

“O homem bom tira de seus tesouros coisas boas, enquanto o homem mau, somente coisas más, disse JESUS em Mateus 12:35 (Bíblia)”



(Autor Desconhecido)
Se alguém souber o nome do autor deste texto, avise-me; para que eu possa dar os devidos créditos.